LOTE 006

FAZENDA IPÊ ROXO

As fotos são meramente ilustrativas
Venda Direta
MAIOR LANCE NO MOMENTO

R$ 884.183,25

visualizações: 2189
encerra em:
00 dia(s), 00 h : 00 m : 00 s
Data do encerramento
Início do Leilão
24/09/2020 às 14:00
ABERTO A PROPOSTA 655-20 JE TAGUATINGA 1ª CÍVEL - 24-09 14:00 e 14:30hs.
LEILÃO JUDICIAL
Online & Presencial
Valor de Avaliação: R$ 1.768.366,50
Data do Leilão: Em Breve
Local do Leilão: - www.agilleiloes.com.br

Últimos Lances

Detalhes do Lote
Compartilhar:    

Comitente: JE TAGUATINGA 1ª VARA CÍVEL

Cidade: Ponte Alta do Bom Jesus/TO
Endereço:
Matrícula: 1621, no Livro "2" de Registro Geral, Ficha 01, datado de 14/12/201, Reg. no CRI de Ponte Alta do Born Jesus - TO

Descrição: 01) - "FAZENDA IPÊ ROXO", (antiga Capão) situado no município de Ponte Alta do Bom Jesus - TO, com uma área de 384,4275 hectares, sob a Matrícula 1621, no Livro "2" de Registro Geral, Ficha 01, datado de 14/12/201, Registrado no Cartório de Registro de Imóveis de Ponte Alta do Born Jesus - TO de propriedade do executado acima nomeado ILONI MARTINI. O referido imóvel é em sua maior parte em cerrado, quase todo formado, cercado com arame liso, com várias divisórias, composto por um barraco, um grande Galpão em frente ao barraco, curral e embarcador.

VALOR DA AVALIAÇÃO: R$ 1.768.366,50 (um milhão setecentos e sessenta e oito mil, trezentos e sessenta e seis reais e cinquenta centavos).

Processo: 0000836-21.2016.8.27.2738
Vara: 1ª VARA CÍVEL DE TAGUATINGA
Comarca: Taguatinga/T0
Exequente: BANCO DO BRASIL S/A.
Executado: ILONI MARTINI
Localização do Imóvel

Endereço:
Cidade: Ponte Alta do Bom Jesus / TO

Observações do Lote

SEGUNDO LEILÃO: dia 24 de setembro de 2020, à partir das 14h30min, pelo maior lance oferecido, exceto preço vil. (50% do valor da avaliação).

LOCAL: Através do site www.agilleiloes.com.br

FIEL DEPOSITÁRIO: Iloni Martini

LEILOEIRO OFICIAL: DR. MARCO ANTÔNIO FERREIRA DE MENEZES, devidamente matriculado na JUCETINS através da MATRÍCULA 2012.09.0015. **COMISSÃO DO LEILOEIRO: será paga nos seguintes moldes (art. 884, parágrafo único, CPC/2015): A. Na arrematação: A comissão corresponderá a 5% do valor da arrematação, a ser paga pelo ARREMATANTE. B. Na adjudicação: A comissão corresponderá a 2% do valor da avaliação, a ser paga pelo ADJUDICANTE. C. Na remissão e/ou acordo: A comissão será de 2% do valor da avaliação e será paga pelo EXECUTADO.