LOTE 001

FAZENDA STA IZABEL - ANTIGA FAZENDA VEADOS E FAZENDA SÃO JOSÉ III - COM 1032 HECTARES - POR APENAS R$ 4.648.682,00 - PARCELADOS EM ATÉ 30 MESES.

As fotos são meramente ilustrativas
Aberto para Lances
MAIOR LANCE NO MOMENTO

LANCE INICIAL

R$ 9.297.364,00

visualizações: 2994
encerra em:
00 dia(s), 00 h : 00 m : 00 s
Data do encerramento
Início do Leilão
às
LEILÃO 840.15-21 JE TAGUATINGA 1ªCIVEL 29-07 09:00 e 10:00hs,
LEILÃO JUDICIAL
Online & Presencial
Valor de Avaliação: R$ 9.297.364,00
Data 1º Leilão: 29/07/2021 09:00
Lance Inicial: R$ 9.297.364,00
Data 2º Leilão: 29/07/2021 10:00
Lance Inicial: R$ 4.648.682,00
Local do Leilão: - www.agilleiloes.com.br

Últimos Lances

Detalhes do Lote
Compartilhar:    

Comitente: JE TAGUATINGA 1ª VARA CÍVEL

Cidade: Taguatinga/TO
Endereço:
Matrícula: 1732 / 1763
Descrição: CASO OS BENS NÃO SEJAM ARREMATADOS EM SUA INTEGRALIDADE, PODERÁ O LEILOEIRO A SEU EXCLUSIVO CRITÉRIO OFERTÁ-LOS EM LOTES SEPARADOS.

ITEM 1: 01 (uma) gleba de terras no lugar denominado ‘Fazenda Veados, que passou a se chamar “Fazenda Santa Isabel IV”, situada no Municipio de Taguatinga/TO, com área de mais ou menos 170 (cento e setenta) alqueires, ou seja 822,80 hectares, destacados de uma área maior de 494,50 (quatrocentos e noventa e quatro alqueires e meio), ou seja 2.393,38 hectares em terras de campo, dentro dos seguintes limites e confrontações: norte com a Fazenda a Velho Jove de propriedade do Sr. Osmar Honorato Borges; sul com a fazenda Santa Isabel III de propriedade do Sr. Rodrigo Rodrigues Honorato; leste com a fazenda Velho Jove de propriedade do Sr. Joffre Rodrigues Honorato e a Oeste com a fazenda Nossa Senhora D’Abadia, antiga veados, de propriedade do Sr. Osmar Honorato Borges. Cadastrado na Receita Federal sob o NIFR 1.075.132-7 e ainda junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA sob o nº 000.051.304.409-7 e devidamente quites com o mesmo conforme consta os pagamentos dos ITRs de 1999 a 2003 a parasentação do CCIR 2001/2002/2003. Proprietários: Sr. Gaby de Almeida Godinho, fazendeiro, portador da C.I./RG n° 60.188 2ª VIA SSP/GO e do CPF n° 011.266.951-49 e sua esposa Sra. Maria da Conceição Carmo Godinho, professora aposentada, portadora da C.I./RG n° 76.596 SSP/GO e do CPF n° 624.263.461-91, brasileiros, casados e Camilo Gonçalves Lima, portador do C.I./RG n° 74.547 SSP/TO e sua esposa a Sra. Lúcia Pereira de Oliveira, brasileiros, casados, inscrito no CPF em conjunto sob o n° 354.931.941-4, todos residentes e domiciliados nesta cidade de Taguatinga-TO. REGISTROS ANTERIORES: Livro 2 sob a M-1407/R-01 e anteriormente no Livro 3-J, Fls 147 sob a transcrição n° 1230 de 30/11/1963 (área de 164,50 alqueires), deste CRI. Taguatinga-TO, 30 de dezembro de 2003. Imóvel este de propriedade do Sr JOFRE RODRIGUES HONORATO, Matrícula n° R-01- M-1732 no Cartório de Registro de Imóveis e Tabelionato 1° de Notas de Taguatinga no Livro 054, fls. 019 com todas as suas benfeitorias. Considerando que a referida terra na sua maior parte é composta de área de campo, mas que esta é mecanizada, com bastante benfeitorias: tais como pastagens, cercas de arame liso etc, é que passo a avaliar em R$ 9.000,00 (nove mil reais) o hectares. Desta feita totaliza-se os 170 (cento e setenta) alqueires, ou seja 822,80 hectares de terras a importância de R$ 9.000,00 x 822,80ha que é igual a R$ 7.405.200,00 (sete milhões, quatrocentos e cinco mil e duzentos reais).
VALOR DO HECTARE: R$ 9.000,00 (nove mil reais).

VALOR DA AVALIAÇÃO: R$ 7.405.200,00 (sete milhões, quatrocentos e cinco mil e duzentos reais).

ITEM 2: 01 (uma) Gleba de terras no lugar denominado "Fazenda São José III", no município de Taguatinga/TO com área de 210,2405ha (duzentos e dez hectares, vinte e quatro ares e cinco centiares), destacados de uma área maior de 630,7215 hectares, sendo que a área anterior era de mais ou menos 100 (cem) alqueires, ou seja, 484.000 hectares, sendo que após a medição verificou-se a área certa e exata de 630,73 hectares em terras de campo cerrado e cultura, dentro dos limites e confrontações constantes da Matricula 1.763. REGISTROS ANTERIORES: Livro 2-F, fls. 262v sob a M-296/R10 do CRI. Taguatinga-TO, 31 de maio de 2004. Imóvel este de propriedade do Sr JOFRE RODRIGUES HONORATO, as confrontações estão confinados na Matrícula n° R01-M-1.763 no Cartório de Registro de Imóveis e Tabelionato 1° de Notas de Taguatinga-TO . com todas as suas benfeitorias. Considerando que a referida terra é composta de área de campo, cerrado e cultura, sendo esta mecanizada, com benfeitorias: tais como pastagens, cercas de arame liso etc, é que passo a avaliar em R$ 9.000,00 (nove mil reais) o hectares. Desta feita totaliza-se os 210,2405ha (duzentos e dez hectares, vinte e quatro ares e cinco centiares) a importância de R$ 9.000,00 x 210,2405ha que é igual a R$ 1.892,164,00 (hum milhão oitocentos e noventa e dois mil, cento e sessenta e quatro reais).
VALOR DO HECTARE: R$ 9.000,00 (nove mil reais).

VALOR DA AVALIAÇÃO: R$ 1.892,164,00 (hum milhão oitocentos e noventa e dois mil, cento e sessenta e quatro reais).

VOLOR TOTAL DA AVALIAÇÃO: R$ 9.297.364,00 (nove milhões, duzentos e noventa e sete mil, trezentos e sessenta e quatro reais).

Processo: 0001380-38.2018.8.27.2738
Vara: 1ª VARA CÍVEL DE TAGUATINGA
Comarca: Taguatinga/T0
Exequente: BANCO DO BRASIL S/A.
Executado: JOFFRE RODRIGUES HONORATO
Localização do Imóvel

Endereço:
Cidade: Taguatinga / TO

Observações do Lote

CASO OS BENS NÃO SEJAM ARREMATADOS EM SUA INTEGRALIDADE, PODERÁ O LEILOEIRO A SEU EXCLUSIVO CRITÉRIO OFERTÁ-LOS EM LOTES SEPARADOS. 

SEGUNDO LEILÃO: dia 29 de julho de 2021, a partir das 10h00min, pelo maior lance oferecido, exceto preço vil. (50% do valor da avaliação).

LOCAL: Através do site www.agilleiloes.com.br

LOCALIZAÇÃO DO BEM: Conforme descritos nos itens acima.

LEILOEIRO OFICIAL: MARCO ANTONIO FERREIRA DE MENEZES, devidamente matriculado na JUCETINS através da MATRÍCULA 2012.09.0015. COMISSÃO DO LEILOEIRO: será paga nos seguintes moldes (art. 884, parágrafo único, CPC/2015): A. Na arrematação: A comissão corresponderá a 5% do valor da arrematação, a ser paga pelo ARREMATANTE. B. Na adjudicação: A comissão corresponderá a 2% do valor da avaliação, a ser paga pelo ADJUDICANTE. C. Na remissão e/ou acordo: A comissão será de 2% do valor da avaliação e será paga pelo EXECUTADO. As comissões serão devidas após 10 dias da nomeação do leiloeiro sem que haja neste prazo alguma contestação.